Bocaiúva Orgânicos

De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, para ser considerado orgânico, o produto deve ser cultivado em um ambiente que considere sustentabilidade social, ambiental e econômica e valorize a cultura das comunidades rurais.
A agricultura orgânica não utiliza agrotóxicos, hormônios, drogas veterinárias, adubos químicos, antibióticos ou transgênicos em qualquer fase da produção.
O Brasil, em função de possuir diferentes tipos de solo e clima, uma biodiversidade incrível aliada a uma grande diversidade cultural, é sem dúvida um dos países com maior potencial para o crescimento da produção orgânica.

Como a produção orgânica cuida do ambiente de cultivo para evitar problemas com pragas e doenças sem o uso de materiais produzidos artificialmente?

O sistema orgânico busca o equilíbrio do ecossistema para resultar em plantas mais resistentes a pragas e doenças. Para impedir a disseminação de doenças, outras culturas são utilizadas durante o cultivo ou alternadas com a produção. Plantas consideradas daninhas para muitas lavouras são usadas na agricultura orgânica por atraírem para si as pragas e enriquecerem o solo, fortalecendo as plantações e evitando doenças.


Quais práticas são comuns no processo de plantio dos produtos orgânicos?

Os produtores de orgânicos utilizam o rodízio de culturas e diversificação de espécies entre e dentro dos canteiros. Nas lavouras são aplicados cordões de contorno com plantas diversas, que ajudam a proteger a plantação de pragas e doenças, servem como quebra-vento e também protegem o solo contra erosão.
Praticam o plantio direto, caracterizado pelo cultivo em cima do resíduo da cultura anterior, sem que o trator limpe o solo.
Outras técnicas, como a adubação verde, também contribuem para o enriquecimento do solo, fornecendo o equilíbrio necessário para a geração de alimentos saudáveis.
O solo é enriquecido com adubo orgânico que promove o desenvolvimento da vida neste solo, como minhocas, bactérias e fungos benéficos, que contribuem para o equilíbrio do sistema.



Todo alimento cultivado sem o uso de agrotóxicos é orgânico?

Não. A produção orgânica vai além da não utilização de agrotóxicos. O cultivo deve respeitar aspectos ambientais, sociais, culturais e econômicos, garantindo um sistema agropecuário sustentável.



Frutos grandes e bonitos indicam o uso de agrotóxico?

O mito de que o produto orgânico é menor, ou mais feio, já foi superado pela produção orgânica. O consumidor deve exigir qualidade ao adquirir esses produtos.



Qual a diferença entre orgânicos e hidropônicos?

Alimentos hidropônicos têm um processo de produção diferente ao processo proposto pela agricultura orgânica. Na hidroponia podem ser utilizados agrotóxicos. Os hidropônicos são caracterizados pelo cultivo direto na água, enquanto a agricultura orgânica trabalha com o solo como organismo vivo. Na hidroponia, fertilizantes altamente solúveis, proibidos pela agricultura orgânica, são colocados na água e absorvidos pelas raízes das plantas.



Como saber se o produto que estou comprando é realmente orgânico?

Conforme a legislação brasileira, em vigor desde janeiro de 2011, o consumidor reconhece o produto orgânico através do selo brasileiro ou pela declaração de cadastro do produtor orgânico familiar. Todo produto orgânico vendido em lojas e mercados tem que apresentar o selo em seu rótulo. Já o agricultor familiar precisa vender seus produtos diretamente, para que o consumidor possa estabelecer uma relação de confiança com ele ao comprar seus produtos na feira.


É possível encontrar produtos orgânicos industrializados?

Sim. Para serem considerados orgânicos, o processo de industrialização deve respeitar as normas de fabricação para evitar qualquer contaminação do produto com substâncias indesejadas. Seus ingredientes devem ser inofensivos à saúde do consumidor.
Para ser considerado orgânico, o produto deve ser composto de no mínimo 95 % de ingredientes orgânicos. Os que têm proporção menor só podem ser chamados de “produto com ingredientes orgânicos” e essa porção tem que ser de, no mínimo, 70 %. Já os com menos de 70 % de ingredientes orgânicos não podem ser vendidos como tal e não podem ter o selo brasileiro.



Podemos encontrar produtos orgânicos sem o selo brasileiro?

A partir de janeiro de 2011, todo produto orgânico comercializado em lojas e mercados tem que apresentar o selo brasileiro em sua embalagem.



Fonte: Ministério da Agricultura

  • 1

    SÃO PRODUTOS CERTIFICADOS.

    A Chácara Bocaiuva possui os selos do IBD e do SISORG (Ministério da Agricultura).

  • 2

    SÃO CULTIVADOS NA REGIÃO.

    Não sofrem o desgaste dos alimentos que vêm de longe.

  • 3

    AJUDAM NA GERAÇÃO DE EMPREGOS.

    A mão de obra contratada é da região.

  • 4

    SÃO PRODUZIDOS SEM ADUBOS QUÍMICOS E SEM AGROTÓXICOS.

    Ao consumir alimentos orgânicos, as substâncias químicas ficam fora do seu prato.

  • 5

    AUXILIAM NA PRESERVAÇÃO DA NATUREZA.

    A Bocaiuva Orgânicos desenvolve projetos de reflorestamento.

  • 6

    QUALIDADE DE VIDA.

    Produtos de boa procedência garantem uma alimentação mais saudável.

  • 7

    CONSUMO CONSCIENTE E PREOCUPAÇÃO ECOLÓGICA.

    Quem escolhe os produtos orgânicos preocupa-se com a saúde de sua família e com o planeta.

  • 8

    COR, SABOR E TEXTURA ORIGINAIS.

    Alimentos orgânicos não recebem aditivos químicos que alteram as suas propriedades.

  • 9

    VARIEDADE DE PRODUTOS.

    Frutas, verduras, legumes, grãos, frangos e ovos caipira.

  • 10

    RESPEITO AO TRABALHADOR RURAL.

    Não utilizam produtos tóxicos como herbicidas, pesticidas e fungicidas que são prejudiciais à saúde do agricultor.


(75) 3683-1595 / 3683-1158 / 8133-7125
9968-3854 / 9236-1016 / 3683-1724

(75) 3683-1595 / 3683-1158 / 8133-7125 / 9968-3854 / 9236-1016 / 3683-1724
contato@bocaiuvaorganicos.com.br
BR 324 KM 93 - Humildes
Feira de Santana - BA CEP 44055-770